...I want to know you, better than I know myself, I want to feel the end, and enjoy the consequence ♫♪


segunda-feira, 15 de novembro de 2010

Eu



About me? well... Primeiramente odeio regras e pessoas que impõem suas opiniões sobre os outros, independente do assunto ^^ Enjoo facilmente de tudo, por isso frequentemente necessito de novidades, e pessoas que não sejam repetitivas, odeio repetições. Sou completamente radical, ou seja faço e sinto tudo ao extremo; odeio mentira, falsidade, fofoca e etc., não me importo com a vida das pessoas a não ser com as das que eu gosto. Egoísmo, orgulho e arrogância são coisas inerentes a mim, digamos... 'próprias do meu ser' =) da mesma forma que humildade e altruísmo, só dependem das pessoas; D como qualquer outro ser humano idiota, eu tenho um lado positivo e um lado negativo, infelizmente amo e necessito de ambos, não faço esforços para agradar ou esconder quem eu sou e também vim para a merda deste mundo, determinado a fazer o que tiver de ser feito, independente da gravidade ou da polaridade, tudo depende do meu estado de sanidade... ou insanidade. Meus gostos se dividem em vários géneros que se dividem em vários subgéneros e assim sucessivamente, gosto de tudo e ao mesmo tempo de quase nada, desprezo fascistas, ignorantes e etc., ou seja! Odeio pessoas com a mente 'fechada', que não aceitam e não se interessam em conhecer o novo, o outro e ficam apenas com aqueles ‘mundinhos’ que criaram. Faço de tudo para conseguir o que quero, e ultimamente estou determinado a rebaixar alguns, para alcançar as minhas metas, só preciso me ferrar um pouco mais e enxergar mais claramente o quão execrável é o ser humano e alem disso me convencer a não ter pena de nenhum; aprendo facilmente com as coisas, principalmente com os problemas tanto meus quanto os dos outros, talvez eu tenha presenciado demais e aprendido demais... vai saber! Só sei que duas das minhas milhares de metas de vida são: ter mais auto-confiança e conhecimento a cada dia que passa, que para mim são o mesmo que segurança. Não sei se sou feliz ou se me sinto a vontade, odeio 'meio termo' como já disse, mas a ambivalência prevalece; odeio as mudanças que acontecem comigo todos os fins de ano, mas foram essas mudanças que me fizeram crescer e ainda fazem, por mais radicais que sejam. Definitivamente não sou normal, as vezes sou bom com palavras mas jamais poderia expressar minha excentricidade no meu dia-a-dia e etc., eu tento mas me sinto tão diferente a ponto de frequentemente entrar em exílio e isso é algo ruim, pois sempre que entro em um estado de introspecção, renasço outra pessoa, sempre com algo diferente... exatamente isso que me torna mais diferente ainda a cada dia que passa. Me considero com qualidades e defeitos fortíssimos, me considero mais forte do que muitas pessoas ao meu redor, talvez todas! mas tenho fraquezas algumas eu ainda não compreendo, porem não deixam de existir. Frequentemente tenho a impressão de ser você, você ser eu e nós sermos todos um, mas ao mesmo tempo estranho todos, inclusive eu, como se não fizesse parte disso, de vocês, desse mundo, são milhares de contradições. Sim, odeio ser igual, gosto dessa ideia de ser diferente, mas ser diferente em tudo não é bom... nascer de um jeito e se adaptar a outro para uma pessoa inflexível como eu, é uma tarefa árdua.

 Criei este blog sem um determinado fim exato! mas uma das intenções primordiais é arquivar coisas que considero importantes para mim, como minhas 'prosas com meu EU' por exemplo.