...I want to know you, better than I know myself, I want to feel the end, and enjoy the consequence ♫♪


quinta-feira, 17 de janeiro de 2013

Insight acalmante



E é quando você retorna para si, e percebe o quanto tudo é simples e como a vida é bela. Percebo que  todos nossos problemas são gerados a partir de nós mesmos, embora o problema alheio possa nos atingir também, porem são raros. Se você não se ama, quem vai te amar?, amo todos os meus detalhes, meu jeito, minhas virtudes e até mesmo meus defeitos, mas peço que minhas qualidades prevaleçam, não que eles sejam inconvenientes, mas nem sempre são necessarios.

Amar incondicionalmente é não enxergar barreiras que não possa ultrapassar, mas estar ciente de que elas existem. Amar não é fixar-se, é apenas amar, amor não é posse, é bem estar reciproco.

Perfeição é limite, e amor é ilimitado

terça-feira, 15 de janeiro de 2013



Depois daquela breve sensação de perda
que quase me corta os pulsos
ouvindo repetidas vezes que 'o amor é um jogo de azar'
inesperadamente ao olhar teu retrato,
lagrimas escorrem em meu rosto, erroneamente considerado confiante.
Percebo que minhas chagas foram revividas
por tua ausência.

quarta-feira, 2 de janeiro de 2013

Only one


É inexplicavel a veemência
Minha prioridade é doar
Retribuição é consequência!

Como se já não houvesse mais terceiros
minhas emoções se jogam e entrelaçam
meus pensamentos fixados em você

Minha paixão, inexoravelmente almeja-te
e num desespero agonizante
sinto como se já não conseguisse respirar...
tua ausência me incomoda.

Mesmo que não veja
meus olhos seguem teus passos
inevitavelmente, leio sua mente
por intermédio dos teus semblantes
que me causam desvarios paranoicos

Já, profundamente submerso
me cerco de incertezas
sinto o medo de me deparar
com um fundo frívolo,
quiça; embora já não enxergue
mais a superfície

calafrios perturbam-me
junto com tuas dores espalhadas
pelo peito

chagas que ainda não se abriram

Ao meio de palavras subentendidas
revelo meu amor
e mesmo que eu quisesse, jamais poderia
negar meu fascínio

E com sinceridade digo:
"És a única coisa real que aconteceu em minha vida"