...I want to know you, better than I know myself, I want to feel the end, and enjoy the consequence ♫♪


terça-feira, 2 de abril de 2013


É uma sensação de que vivo entre presas e predadores. Vejo serpentes atacarem e suas presas deixarem-se ser atacadas, por falta de cautela ou agilidade. Mesmo que eu queira não consigo interferir, sinto que estou em um universo paralelo, sozinho no meu mundo onde só eu posso entender e compreender. Reprimo inúmeras coisas que se fossem expressadas não fariam diferença, pois apenas me escutariam e não saberiam me dizer "Eu entendo, pois já passei por isso" a resposta para na primeira virgula.

Vivo em um outro mundo de ideias, eu os enxergo mas não é mutuo. Erro por não conseguir me adaptar a esta enorme lacuna que me separa deles. Porem, sofro nocautes um atrás do outro, e os raros intervalos parecem piorar, pois vejo a luz e me levanto mas logo escorrego e volto para o fim do poço.

Eles me deixam assim, a razão são eles. Eles não vêem o que eu vejo neles, eles não se vêem, a acabam não me vendo.