...I want to know you, better than I know myself, I want to feel the end, and enjoy the consequence ♫♪


domingo, 9 de novembro de 2014

A cura




    Existem situações na vida que independente do quanto remoemos, não faz sentido. Somos conduzidos a passar por fases complicadas, destrutivas, tristes... 

    O pior momento de um ser humano é a morte de tudo aquilo que ele acredita, onde é obrigado a recriar a própria vida, reconstruindo-se como se tivesse acabado de nascer. É como um cego, procurando a luz no fim do túnel, onde a unica coisa que prevalece e ainda se mantém firme e forte é sua esperança.
    Claro, estou generalizando uma especie inteira. Muitos tem a capacidade de passar por diversas conturbações ilesos, com uma facilidade invejável, porem no meu caso as coisas funcionam dessa forma. Para mim, não ter uma base, uma estrutura firme, ortodoxa e confiável é pior do que a própria morte, é como  estar mergulhado no fundo do mar totalmente escuro, simplesmente sentindo água sobre os pés, mãos e cabeça! sem saber onde esta, sem poder sair dali, não conseguindo tomar nenhuma atitude.
   Nessas horas o único impulso capaz de tirar desse ecstasy atormentador é aquela força que eu nem sequer sabia que podia existir dentro de mim. Algo fora do comum, sobre-humano, com capacidade o suficiente não só para mover-se mas para mover o próprio universo. Uma luz que surge exatamente naquele momento sem esperança.
   Falar geralmente é muito fácil para quem não esta sentindo nada. Mas uma coisa que eu posso considerar como uma verdade absoluta é que nada é impossível e nenhum sentimento é eterno, matar algo que te incomoda dentro de si mesmo é impossível, mas deixar o seu corpo gritar e não se deixar levar pelo barulho qualquer ser humano é capaz. Uma hora o barulho cessa, a dor acaba e aquele ponto final tão esperado, chega despercebidamente.

          ...Acredito que mesmo que estejamos condicionados a sofrer, isso não é algo inútil. O sofrimento é a unica forma capaz de fazer uma pessoa acordar, crescer e amenizar outros sofrimentos que estão por vir, até se tornar totalmente blindado e alcançar a tão querida, e almejada, felicidade...














quarta-feira, 4 de junho de 2014




As vezes não basta apenas relaxar ou ignorar os fatos, pois eles sempre estarão ali, para, incansavelmente te atormentar.

Adaptar-se a sentimentos negativos é complicado, porem se não tem capacidade para fazer isso, é porque você ainda não tem capacidade para lidar consigo mesmo, com seus demônios, medos, desesperos, não tem capacidade para aceita-los por tanto temer aquela caverna sutilmente e lentamente escura buraco a dentro.

Não só seus anjos, mas também seus demônios sempre estarão ao seu lado para ajuda-lo a conseguir aquilo que quer. Quando olhar para dentro de si mesmo, veja um grande soldado vermelho com um grande escudo representando a bondade e sua capacidade divina de se defender de qualquer atitude ofensiva que o mundo possa te proporcionar, e na sua outra mão uma grande espada capaz de cortar qualquer coisa que se oponha ao teu caminho.

Tudo em você é necessário. Dentro da sua alma existem peças que uma vez corretamente encaixadas, formam um corpo implacável e destemido. 

Se conheça e aprenda a utilizar suas armas.